As palavras como
objetos físicos.


"O ponto de partida é sempre um poema. Palavras são
cápsulas mágicas que 
encadeiam dão sentidos muito
profundos a sentimentos e comportamentos que nem
sempre são facilmente catalogáveis. Ao transportar o
texto escrito para o mundo real, essa capacidade de
comunicação se amplia, imergindo o espectador em poesia,
que ganha corpo e presença. Minha missão é levar as
pessoas a esses lugares íntimos de
auto-imersão e contemplação empática."

 

Nascida em 1984 no Rio de Janeiro, Diana sempre explorou a poesia literária e as diversas nuances do texto escrito, tendo encontrado na poesia concreta e posteriormente na poesia marginal, um elo de interesse com as artes visuais. Graduada em Publicidade e Marketing pela ESPM - Escola Superior de Propaganda e Marketing em 2006, ultimamente a sua busca tenta conciliar texto escrito com abordagens esculturais transformando palavras em objetos físicos. 
Suas obras partem de objetos cotidianos que ressignificados expõem pensamentos que acertam com os limites entre o pictórico e o escultural. Suas influências vão de escritores à artistas como Antonin Artaud, Louise Bourgeois, Gunter Uecker, Alicja Kwade e a escritora brasileira Ana Cristina Cesar. 
Em 2017 Diana fundou o LAB_Ø1, um coletivo feminino que reúne artistas de diversas partes do mundo, que produzem em conjunto, trabalhos que questionam e remetem as movimentos sociais e questões existenciais da contemporaneidade. 
Diana também está publicando seu primeiro livro de poesia em 2018.

 


as palavras me vigiam
enquanto não as escrevo, sou livre
mas a elas cabem apenas protesto
desejos ardentes de contaminação
querem timbrar todos os papéis
e manchar qualquer documento
querem reverberar em fontes cursivas
um sem fim de sentimentos
 

words watch over me
while I do not write them,
I am free to them all it's left are protests
burning desires of contamination
they want to stain all the papers
and tarnish any document
want to reverberate in cursive fonts
an endless number of emotions 

mas enquanto permaneço calada
entrelaçando os dedos como em caligrafia
permaneço absolvida dos meus pecados
que luto para que não tomem vida
 

but while I remain silent
interlacing fingers as in calligraphy
I am absolved of my sins
which I fight not to come to life  

são as palavras que me consomem
que fazem ensaios na minha cabeça
batucando em tons cada vez mais altos
vontades que não confesso

the words are what consumes
me playing rehearsals in my head
drumming in ever higher tones
wishes I do not confess 

e se sigo em silêncio
fitando a folha branca
vou me deitar imaculada
segura na minha fortaleza
 (meramente semântica) 

and if I endure in silence
staring at the blank sheet
I’'ll fall asleep uncorrupted
safe in my
(merely semantic) fortress

 

 

Formação


ESPM - Escola Superior de Propaganda e Marketing, Rio de Janeiro, Brasil, 2006
Perestroika - M.I.S.S.A, Rio de Janeiro, Brasil, 2013
PARSONS NEW SCHOOL OF DESIGN - Strategic Innovation Management, New York, USA, 2014
EVA - ESCOLA DE ARTES VISUAIS DO PARQUE LAGE  De l'art de l'installation - La spatialité immersive , Rio de Janeiro, Brazil, 2016
EVA - ESCOLA DE ARTES VISUAIS DO PARQUE LAGE  Procedural Writings and Artistic Subjectivities, Rio de Janeiro, Brazil, 2016 
MoMA - Modern Art and Ideas, 2017
UAL - University of the Arts Central Saint Martins - Contemporary Fine Art Practice, London UK, 2017 

Poema-objeto

Poema - objeto

estudos pictóricos de linguagem e significado, 2017

Saiba mais 

Indio, 2016

Da série: Outros poemas-objetos

Saiba mais 

Gota, 2016

Da série: Manuscritos

Saiba mais 

“Monolito”, 2016

Da série: Manuscritos

Saiba mais 

Salve, Salve, 2016

Da série: Outros poemas-objetos

Saiba mais 

Somos uma série de seres, 2018

Da série: Outros poemas-objetos

Saiba mais 

“Dociliza”, 2016

Da série: Outros poemas-objetos

Saiba mais 

Miragem, 2016

Da série: Outros poemas-objetos

Saiba mais 
Exibindo de 1 a 8 resultados (total: 9)


Diana Lobo
 di.lobo@gmail.com
 @dianalobo

Fale Conosco!

Tem alguma dúvida, sugestão ou crítica a fazer? Então entre em contato conosco. Suas dúvidas serão esclarecidas e sua opinião é fundamental para o nosso aperfeiçoamento.

Tecnologia do Google TradutorTradutor